Rooted Love - Amor enraizado

Fine Art Series

O amor vem de dentro, por mais que esperemos que

ele bata na nossa porta.

Porque muitos pensam que o amor é fruto, mas amor é semente.

Porque é preciso plantar, e regar, e pôr à luz, e cuidar.

Para que então o amor possa crescer, e amadurecer,

e um dia brotar no nosso peito.

Porque não existe amor senão preso ao peito de alguém.

Porque amor é raiz.

A série Amor Enraizado busca questionar os padrões estéticos e banalizar as nossas diferenças físicas para jogar luz no mais universal dos sentimentos humanos: o amor.

Independente de cor, raça, imperfeição, diferença, cicatriz ou condição, ele é a essência universal, para a qual o corpo é apenas um invólucro de carne, osso e defeitos. Este projeto inspira, através da fotografia, a reflexão sobre o amor, a si próprio e ao próximo, como imagem verdadeira do valor humano. Sem suas raízes fincadas no peito, os sentidos entram em erosão. Ainda que invisível aos olhos físicos, ele é a força motriz da humanidade, a semente de esperança, a razão da luta diária de homens e mulheres pelo direito de serem iguais, mesmo sendo diferentes. 

Nestas imagens despidas de preconceito, somos todos idênticos pela ótica do amor. Representado por uma rosa, este nobre afeto ganha o tom carmim, que exprime sua beleza em face do corpo e sua primazia sobre a pele.

É o interior sujeitando o exterior, o que está por fora desimportante ao que pulsa por dentro.

ROOTED LOVE - AMOR ENRAIZADO

Fotos: Dodô Villar